sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

A batalha de Jenipapo e o Tesouro de Fidié, retratados em livro!



O nosso Maranhão, berço de grandes escritores e escritoras, poetas e poetisas, vai ganhar nas suas galerias da boa leitura, um novo escritor de estilo da literatura moderna, trata-se do Engenheiro Agrônomo, Administrador Público e Economista Milton Campelo, nascido em Campo Maior no Piauí. 

Na sua primeira obra literária, O Tesouro de Fidié,  o escritor retrata revelações e questionamentos, ocorridos no processo revolucionário que culminou com a Batalha do Jenipapo, 13 de março de 1823.

Esta batalha foi decisiva para independência do Brasil, onde maranhenses e cearenses se juntaram ao povo Piauiense em resistência as tropas portuguesas lideradas pelo Major João José da Cunha Fidié.

Bem amig@s, basta agora adquiri-lo quando for lançado, abaixo vai um resumo da obra feita pelo próprio escritor e que faz parte da capa do seu livro.

Por Milton Campelo*

O que é o Tesouro de Fidié? Quem foi Fidié?

O tesouro e o personagem se encontram e desencontram, antes, durante e após a histórica Batalha de Jenipapo, que ocorreu no dia 13 de março de 1823 no leito seco do rio Jenipapo, em Campo Maior  no Piauí, quando soldados  da tropa portuguesa enfrentaram a resistência de homens e mulheres daqueles sertões, no mais sangrento episódio entre lusitanos e nativos pela posse do território brasileiro.

Por que a bandeira piauiense é o único pavilhão das unidades federativas que ostenta uma data em seu corpo, exatamente essa da Batalha do Jenipapo?
A narrativa retrata a força que resulta do sentimento de unidade do povo quando o poder estabelecido extrapola seus limites de dominação e de resiliência. A Batalha foi um exemplo autêntico da saga humana de resistência e sobrevivência altiva, típica daqueles que vivem nos rincões do mundo.
O sentimento de luta presente no confronto persiste até nossos dias, notadamente pelo pouco reconhecimento do episódio pela narrativa histórica oficial.
O conhecimento dos fatos envolvidos naquele 13 de março de 1823, pode levar o leitor a questionar as veracidades de um outro episódio, o do dia 07 de setembro de 1822, consagrado  pelos historiadores como marco central da independência do Brasil.
Quem são os principais personagens envolvidos na Batalha do Jenipapo?
Especula-se que cerca de 1.500 homens e mulheres armados com foices, espadas, chuços, facões e espingardas de caça enfrentaram as tropas portuguesas comandadas pelo Major João José da Cunha Fidié.
O comandante Fidié venceu a batalha, mas perdeu a valiosa carga que asseguraria a manutenção de sua campanha de guerra. Isso é lenda ou verdade?
Desvelar esse mistério é fundamental para compreender parte de nossa rica história e a bravura épica dos heróis anônimos do Jenipapo.
Se o “Tesouro de Fidié” foi apreendido e isto foi a causa principal do insucesso da missão portuguesa, onde foi parar esse tesouro? Afinal, o que é o tesouro de Fidié?

INFORMAÇÕES DO EVENTO:

Quando?

O lançamento da obra acontecerá, justamente no próximo dia 13 de março, onde a batalha do Jenipapo completará 194 anos. 

Onde?

Na Livraria Sofia, no Shopping Rio Anil




*Milton Campelo é Engenheiro Agrônomo pela UEMA, com especialização em Administração na UFBA e Economia na USP, Gestor do Banco do Brasil por 25 anos, nasceu em Campo Maior/PI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário